Saiba como calcular corretamente o lucro das pequenas empresas

O lucro é o objetivo de qualquer negócio, desde as gigantes multinacionais, até às micro e pequenas empresas. Mas esse conceito também pode ser um pouco confuso, se não for muito bem conhecido. Por isso, confira neste artigo, como calcular o lucro de uma pequena empresa.

O que é o lucro?

Empreender não é uma tarefa fácil. Especialmente no Brasil, em que existem muitos impostos e muita burocracia que tornam a vida do empresário ainda mais difícil. Exatamente por isso, é tão importante conhecer bem o lucro, de modo a avaliar se o empreendimento está no rumo certo.

Por isso, esse conceito nada mais é do que o quanto você ganha com a sua operação, ou seja, é o retorno positivo. Sendo assim, é importante evitar um erro comum que é calcular o lucro a partir do custo de produção do produto e não do seu preço de venda.

É importante fazer essa distinção, pois existem outros fatores além do custo direto do produto que podem afetar o seu lucro. As contas de água e luz, são um exemplo, além dos impostos e taxas que são recolhidas.

O cálculo do lucro bruto e do lucro líquido

Então, é importante destrinchar o lucro nos dois tipos mais comuns: o bruto e o líquido.

lucro bruto é aquele em que é considerado apenas o valor do produto. Ou seja, seu cálculo é encontrado pela seguinte fórmula:

Lucro Bruto = Valor das vendas – Custo do produto;

custo do produto pode ser entendido de formas diferentes. Pode ser que seja a compra de mercadorias para serem revendidas ou os insumos que serão usados na fabricação.

Já no lucro líquido é preciso agrupar todas as despesas que a sua empresa paga durante os processos. Isso inclui:

  • Contas de água, luz e todas as outras;
  • Folha de pagamento dos funcionários;
  • Impostos e taxas;
  • Insumos de escritório, como papel ou produtos de limpeza;
  • Aluguel do estabelecimento;
  • Investimentos em marketing;
  • Compras de materiais básicos de escritório;
  • E diversos outros.

fórmula do lucro líquido é:

Lucro Líquido: Lucro Bruto – Despesas Variáveis e Fixas.

A importância de ambos os cálculos

É importante fazer ambos os cálculos, pois é possível identificar melhor como está o processo da sua empresa. Por exemplo, se o lucro bruto é bom, mas o lucro líquido é baixo, você tem algumas opções.

Pode ser que a sua empresa tenha muitas despesas extras, o que significa que isso pode ser repassado para o consumidor, através de um reajuste de preço ou que você busque formas de cortar os gastos.

De qualquer forma, é fundamental fazer esse cálculo com uma certa periodicidade, de modo a reconhecer possíveis problemas o mais cedo possível.

O que fazer com essa informação?

Com isso, você tem algumas formas de interpretar e usar essa informação para aumentar o potencial de sucesso da sua empresa. Se todos os lucros estão positivos e com uma boa margem, seu negócio está saudável.

Por outro lado, um valor negativo pode indicar a presença de problemas que devem ser corrigidos o mais rápido possível.

Então, calcule com muita precisão o lucro da sua empresa para garantir que ela irá crescer e se manter saudável, por um bom tempo.